Segunda sem carne: como e por que aderir ao movimento

Segunda sem carne: como e por que aderir ao movimento

Conheça a Segunda Sem Carne, a campanha que visa ser vegano por um dia na semana. Saiba quais celebridades aderiram ao movimento e como você pode participar 
Conheça a Segunda Sem Carne, a campanha que visa ser vegano por um dia na semana.
Você conhece a segunda sem carne? Pelas pessoas. Pelos animais. Pelo planeta.

O QUE É A SEGUNDA SEM CARNE?

Segunda sem carne é uma campanha de conscientização quanto aos impactos do consumo de produtos de origem animal. Ela traz a proposta de viver a segunda-feira sem carne, ovos, leites e derivados. Ou seja, de forma vegana. 

O projeto que visa um dia sem carne já está presente em mais de 40 países e têm impactos significativos no meio ambiente, na vida das pessoas e animais.

O movimento conta com o apoio do governo, personalidades e empresas. 

Algumas personalidades que apoiam a Segunda Sem Carne: 

 

  • Paul McCartney 

  • Moby 

  • Alicia Silverstone

  • Xuxa

  • Chris Martin 

  • Ellen Jabour

  • Luisa Mell

  • Cleo Pires

  • Nile Rodgers

  • Woody Harrelson

  • Bella Gil

 

COMO SURGIU A CAMPANHA?

A segunda sem carne surgiu nos Estado Unidos em 2003, quando Sid Lerner decidiu reviver a campanha Meatless Monday que visava diminuir o consumo de carne das famílias americanas para auxiliar na guerra. 

Mas dessa vez o objetivo era outro: prevenir doenças causadas pelo excesso de carne. 

A campanha também é conhecida fora do Brasil como Meat Free Monday.  

No nosso país, a Segunda Sem Carne foi lançada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) em 2009. O sucesso foi tanto que o Brasil é um dos países que mais aderiu ao movimento! 

Inclusive, um dos maiores feitos da campanha aqui foi quando escolas municipais em São Paulo adotaram um cardápio vegetariano em 2011.

São 436 mil kg de carne não consumidas durante um ano escolar. 

 

POR QUE ADERIR AO SEGUNDA SEM CARNE? 

Os impactos positivos de vivenciar um dia dentro do vegetarianismo são enormes! A SVB estimou que a cada 24 g de ovos, 311 g de carnes e 430 mL de leite ou derivados não consumidos, evita-se:

  • 14 kg de CO2 emitidos na atmosfera

  • 100 km rodados em um carro comum 

  • desperdício de 3.400 litros de água (equivale a 26 banhos de 15 minutos)

 

Mas o consumo vegano também faz bem para você! Uma alimentação à base de vegetais auxilia na prevenção de doenças crônicas e degenerativas, diminui os riscos de diabetes, auxilia no controle do peso e no condicionamento físico, diminui os riscos de infarto, reduz os riscos de alguns tipos de câncer etc. 

Além disso, evita-se o consumo de produtos que são frutos de trabalho escravo! 

A pecuária, por exemplo, é a atividade comercial brasileira que mais emprega mão de obra escrava, segundo o Ministério do Trabalho. 

Esse é o setor que mais utiliza água no Brasil (70% do valor total). Onde metade dele é desperdiçado

A agropecuária também é a maior responsável pela poluição das águas, destruição das florestas e solo pelo mundo inteiro! (Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação - FAO)

Não podemos deixar de mencionar que as emissões de gás metano gerado pelos animais criados para o consumo é uma das grandes causas da intensificação do efeito estufa. 

 

E que 1 hectare de terra que produz 185kg de carne bovina, poderia produzir 22.500kg de batata, alimentando uma quantidade muito maior de pessoas. (FAO)

 

O QUE COMER NA SEGUNDA SEM CARNE? 

Quando se ainda consome carne e derivados, pode parecer complicado passar um dia comendo apenas plantas. Entendemos! Por isso é preciso conhecer a vastidão de produtos veganos que você pode consumir. 

A ideia da campanha não é viver a segunda-feira a base de saladas. Mas de forma consciente e, acima de tudo, balanceada.

Que tal saber como montar um prato vegano?

 

Seu prato deve ser constituído de: 

  • ¼ cereais, tubérculos e/ou raízes

  • ¼ leguminosas 

  • ½ legumes e verduras

 

Alguns exemplos de: 

  •  Cereais: milho, aveia, quinoa, pão, arroz, macarrão, centeio, trigo, granola 

  • Tubérculos ou raízes: batatas, mandioca, inhame, mandioquinha, 

  •  Leguminosas: feijão, lentilha, grão de bico, ervilha, soja, tremoço, amendoim, alfarroba

  • Legumes: tomate, pepino, chuchu, cebola, cenoura, lentilha, nabo, palmito, pepino, rabanete

  • Verduras: rúcula, couve-flor, agrião, alface, brócolis, alho-poró, chicória, coentro, couve, espinafre, repolho, alcachofra

 

E muito mais! 

Curiosidade: você sabia que existem cerca de 300 mil plantas comestíveis no mundo? No entanto, consumimos apenas 200 delas, cerca de 0,06%! (BBC 2015)

 

QUAIS SÃO AS FONTES DE PROTEÍNA VEGANA?

É comum se preocupar em estar consumindo proteínas o suficiente, mas relaxe! O veganismo nos proporciona diversos alimentos ricos em proteínas.

Alimentos veganos ricos em proteína:

Tofu, soja, feijão, quinoa, folhas verdes, ervilhas, brócolis, cogumelos, abacate, chia, nozes, lentilha, tempeh, trigo, grão de bico…

 

Que tal começar trocando a carne por hambúrgueres de proteína de soja, ou de grão de bico? Na internet você encontra diversas receitas de carnes veganas deliciosas, baratas e saudáveis.

No Portal Vegano você também pode adquirir através da aba Alimentos > Carnes Vegetais. Lá você irá encontrar bifes, hambúrgueres, salsichas e almôndegas para complementar seu prato e te ajudar nessa jornada pela Segunda Sem Carne. Aproveite! 

 

 

Por Millena Borges | Criado em: 15/09/2020 | Editado em: 16/09/2020
Millena Borges
Técnica em Controle Ambiental e graduanda em Jornalismo. Vegetariana em transição para o veganismo.
Receba nossas novidades e promoções
Ofertas
Cadastre-se para receber as novidades e compre com descontos!
Atendimento
 (45) 9 9152-6684  sac@portalvegano.com.br  Seg à Sex: 08h às 12h - 14h às 18h