Slow food: Entenda sobre o movimento e seus benefícios à saúde

Slow food: Entenda sobre o movimento e seus benefícios à saúde

Você já parou para pensar que o alimento que você ingere envolve aspectos políticos e culturais? É isso que sugere o movimento slow food. Ficou curioso e quer saber mais? Vem com a gente!
Compartilhar:
Você já parou para pensar que o alimento que você ingere envolve aspectos políticos e culturais? É isso que sugere o movimento slow food. Entenda sobre!

Slow food

Você já parou para pensar que o alimento que você ingere envolve aspectos políticos e culturais?

É isso que sugere o movimento slow food.

Na contramão de uma sociedade cada vez mais globalizada, o slow food se propõe a fazer o contrário, valorizando o produtor e a cultura envolvida em cada grão de alimento colhido na terra.

Entre as várias iniciativas propostas pelo movimento, estão:

- a divulgação de alimentos que podem sumir;

- a valorização da cultura alimentar;

- o respeito à natureza e à diversidade local;

- a valorização de processos mais humanizados;

- a busca por uma alimentação saudável e o tempo de qualidade despendido nela.

Ficou curioso e quer saber mais? Vem com a gente!

O que é slow food?

O slow food é um movimento que preza pela alimentação saudável, sustentável e consciente.

Ao contrário do fast food, este movimento preza pela “alimentação lenta”, traduzido ao pé da letra.

Ou seja, segundo o que prega o movimento, além de comer  bem também é necessário passar um tempo de qualidade se alimentando.

Conseguiu compreender o conceito? 

Além disso, ele incentiva também as práticas saudáveis da agricultura, valorizando o agricultor e toda a cadeia de produção.

O alimento proveniente do slow food é justo com o planeta, com as pessoas e está pronto para ser saboreado por quem valoriza todo esse processo.

História do slow food

O movimento – que também é uma ONG – foi criado pelo italiano Carlo Petrini em 1986 e se espalhou pelo mundo.

Hoje, possui parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), com o governo brasileiro e com várias outras entidades internacionais.

A sede fica na Itália, mas uma filial latino americana está prevista para ser aberta no Brasil, que é um espaço de importância para o movimento, devido à sua participação na agricultura mundial.

Qual a filosofia do Slow Food?

slow food pratos

O Slow Food Brasil é o atual responsável pelas parcerias e incentivos ao movimento no país.

Valorizar alimentos que sejam bons, limpos, justos e para todos. Esse é o lema que resume um pouco da filosofia do movimento.

Bom: alimento fresco, de qualidade, resultado do trabalho de pequenos produtores.

Limpo: produzido em meio a práticas sustentáveis, que não prejudicam o meio ambiente.

Justo: preço justo e com condições dignas, livre de exploração humana, animal e ambiental. 

Para todos: esforço coletivo para superar os desafios de acesso a alimentos de qualidade para todos.

Benefícios do slow food

Os benefícios do slow food são fáceis de mensurar.

Um dos principais é o de melhorar a relação entre as refeições e as pessoas. Afinal, comer deve ser um ato de prazer e bem-estar para todos.

Além dos benefícios à saúde, com uma alimentação nutritiva e de qualidade, a organização beneficia também o planeta.

Enquanto na produção em massa, a nossa relação cultural e de afeto com a comida se perde em meio à indústria, o slow food busca manter esse laço e a nossa identidade cultural em relação ao planeta e à natureza.

De acordo com o conceito, se alimentar de maneira saudável e consciente torna as pessoas mais felizes.

O movimento beneficia também a economia local, já que o consumo é feito dos produtores da região.

Leia também: Alimentação Vegana: Tudo o que você precisa saber

Slow food beneficios

Como colocar o slow food em prática no dia a dia?

Agora que você entendeu o que é slow food e quais os seus benefícios, deve estar se perguntando como colocar isso em prática.

Vivemos uma vida corrida e, de fato, é muito mais fácil pedir aquele lanche rápido na esquina do que pensar e planejar uma alimentação consciente.

Colocar a alimentação consciente em prática exige um pouquinho de esforço, não há como negar, mas desenvolver essa consciência coletiva é o primeiro passo para começarmos a mudar a nossa maneira de agir.

Em casa

Planejar a alimentação é o primeiro passo. Saber o que comer, de onde comprar o alimento e preparar as refeições com cuidado fazem parte deste processo.

Procure feiras de produtores locais na sua cidade ou no seu bairro. E lembre-se: o objetivo não é comer por comer e sim considerar a alimentação como uma parte importante do seu dia.

Claro que é possível tornar esse processo um pouco mais prático, por exemplo, preparando com antecedência, fazendo porções congeladas e sempre aproveitando o máximo dos alimentos.

Mas tente enxergar o preparo como parte do processo e passe a desenvolver gosto por ele.

Leia também: Como ter uma horta em casa: dicas para iniciantes

Fora de casa

Para se alimentar fora de casa, você possui dois caminhos. O primeiro é preparar a sua comida com antecedência para levar ao trabalho.

A segunda é procurar restaurantes slow food adeptos ao movimento.

Dessa forma, você sabe que está consumindo com consciência ambiental e ajudando a fortalecer algo que acredita.

Como a Portal Vegano pode te ajudar com o slow food?

Veganos e vegetarianos, em geral, já possuem essa preocupação com o alimento naturalizado em seu dia a dia.

De certa forma, os movimentos se interseccionam em alguns pontos e faz todo sentido caminharem juntos.

Um dos objetivos do Portal Vegano, inclusive, se assemelha ao princípio da democratização de alimentos proposto pelo slow food.

Isso porque o nosso objetivo é facilitar o acesso a alimentos veganos em todo o Brasil de forma descomplicada.

Para isso, fazemos parcerias com marcas responsáveis e conscientes.

Você já conhece a nossa plataforma?

Acesse e saiba mais sobre o Portal Vegano!

Conclusão

Comer bem deveria ser prioridade no nosso dia a dia.

Em vez disso, nos sujeitamos a comer uma comida rápida, de qualidade duvidosa e que pouco valoriza produtores e funcionários envolvidos no processo de feitio.

O slow food é exatamente o oposto disso tudo. O movimento propõe que valorizemos o nosso alimento, o tempo destinado à alimentação no nosso dia a dia e toda a cadeia de produção envolvida.

Gostou do texto?

Então compartilhe o que aprendeu com outras pessoas e vamos propagar informação para que o acesso a alimentos de qualidade seja cada vez mais democratizado!



Por Portal Vegano - Neil Patel | Criado em: 26/04/2022
Siga o Portal Vegano:

Sobre

Portal Vegano - Neil Patel
No Portal você encontra:
Receba nossas novidades e promoções
Ofertas
Cadastre-se para receber as novidades e compre com descontos!
Confiabilidade
Atendimento
  Clientes (45) 9974-0951   Lojistas (45) 9133-9685  sac@portalvegano.com.br  Seg à Sex: 08h às 12h - 14h às 18h
Portal Vegano Portal de Internet LTDA | CNPJ: 30.952.846/0001-92 Rua Antonio Francisco de Matos, 294, Porto Belo, Foz do Iguaçu-PR | CEP 85867-616